Espetáculo Em Família

Espetáculo Em Família

Com Harildo Deda e Neyde Moura, a peça narra a vida do casal de idosos Dona Lu e Seu Sousa

 

A companhia de teatro Os Argonautas, fundada em 1999, encena sua nona montagem em Salvador, sempre buscando mostrar temas contemporâneos de relevo e valorizando autores brasileiros. O espetáculo Em Família, com direção de Marcelo Flores e texto de Oduvaldo Vianna Filho, estreia no próximo dia 20 de setembro, no Teatro Martim Gonçalves, na Escola de Teatro da UFBA, no Canela. Além de Harildo Deda e Neyde Moura, protagonistas, o elenco conta com Agnaldo Lopes, Alethea Novaes, Fernando Neves, Socorro de Maria, Valéria Fonseca, Viviane Laert e Widoto Áquila. As apresentações acontecem de quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h, com bilhetes nos valores de R$ 30,00 (entrada inteira) e R$ 15,00 (meia entrada).

 

A peça narra a vida do casal de idosos Dona Lu e Seu Sousa, que são despejados da casa onde moravam por não terem condições financeiras para mantê-la. Com leveza, o texto expõe o problema do sistema previdenciário, e ao mesmo tempo denuncia as dificuldades de se viver em uma sociedade que marginaliza os mais velhos, onde o trabalho é imprescindível. Em família é um retrato afetivo, humorado e melancólico da crise do homem velho que já não pode prover a si mesmo e aos seus e termina preso a uma engrenagem social de falência que o separa de seus afetos e do conforto esperado no final da vida.

 

O período da história da peça, os anos 1970, é muito importante para a ação. Assim, a cenografia e o figurino, bem como a trilha sonora, têm papel essencial para a recriação da época da história e para a agilidade e simultaneidade dos planos de cena. O autor, mais conhecido como Vianinha, agregava, com muita eficiência, os elementos da “modernidade” ao teatro, tanto na forma quanto no conteúdo, impregnando a peça de verdade e atualidade. Esse é, justamente, o objetivo primordial da encenação: conservar a essência do original sem descaracterizá-lo, evidenciando os aspectos mais contemporâneos do texto, cuja aventura humana é o seu símbolo máximo.

 

Para o diretor Marcelo Flores, “esse é um dos textos mais belos e carregados de afeto de Vianinha, tendo como pano de fundo um cenário político brasileiro que tem muita correspondência com o Brasil atual. Começamos a estudar Vianinha no Clube da Cena, que é o grupo de estudos da nossa companhia, Os Argonautas, e o que nos mantém ativos e em permanente exercício. Fiquei encantado com a obra dele. Depois disso, Harildo Deda me propôs realizarmos a montagem do Em Família. Então, a motivação do espetáculo está na junção entre o valor do texto desse importante autor e o convite proposto por Harildo”.

 

Para o ator Harildo Deda, “é uma peça importantíssima para a dramaturgia nacional, pois trata de um assunto que nem sempre é abordado no teatro: a velhice. Aliás, eu prefiro dizer velhice do que melhor idade. É preciso estar atento a como o Brasil trata os seus velhos”. Depois de realizar 75 peças de teatro, sendo 30 delas também como diretor, Harildo complementa: “estou muito feliz com esse novo trabalho, pois já tem algum tempo que fiz minhas últimas atuações no palco: A Gaivota, em 2014, e Nossa Cidade, em 2015”.

 

O AUTOR

 

Em 2016, Vianinha completaria oitenta anos. Não fosse sua morte precoce aos 38 anos, Oduvaldo Vianna Filho certamente seria hoje uma unanimidade, reconhecidamente consagrado para o grande público. Ator, autor de teatro e TV, homem de sua época, idealista e politizado, seus textos - igualmente censurados e premiados - foram encenados sempre com grande sucesso e fortuna crítica por grandes nomes do teatro nacional. Rasga Coração, Papa Highirte, Mão na Luva, Corpo a Corpo e tantos outros são obras que marcaram época e que merecem um resgate para as novas gerações que o conhecem mais como o criador da série A Grande Família, um dos maiores sucessos da TV brasileira em todos os tempos. Sua obra compõe um belo painel humanista, carregado de tintas poéticas e políticas, com buscas de renovação estética formal, refinamento e humor. Misto de denúncia social e dissecação do mundo íntimo dos indivíduos nos embates das relações amorosas, familiares e profissionais, em meio à sociedade de consumo de um sistema econômico opressor e desumano.

 

A MONTAGEM

 

A peça Em Família propõe, com muita justeza, em um momento bastante apropriado, a discussão dos conceitos de abrigo, trabalho, aposentadoria, relevância e papel do idoso na sociedade. Ampliando o conceito de lugar (físico) para o de lugar (posição) do cidadão em idade avançada, o projeto recoloca o artista nessas condições em seu habitat: o palco. A presente montagem, encabeçada por Harildo Deda e dirigida por Marcelo Flores, adiciona um sentido à família do texto: o da comunidade artística que reúne diferentes gerações em torno de um mestre (Harildo) e da aprendizagem teatral de seus discípulos, onde se incluem a própria cia de teatro Os Argonautas e o restante do elenco- em sua maioria ex-alunos da Escola de Teatro da UFBA.

Share
.: detalhes do evento

Quando

dia 27/09 às 20h00

Recorrência

Este evento vai até o dia 30/09/2018

Dia da semana

Quinta a sábado, 20h, e domingo, 19h

Valor

R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada)

Ponto de venda

No local

.: mapa
Datas, horários, valores e atrações podem ser alteradas sem aviso prévio.
Encontrou alguma informação divergente?
Informe-nos!
.: Sou indica
Deixe seu comentário